Modelos de documentos

Clique no link para baixar os modelos de arquivos e demais instruções

Ocean Blue Downloads

Modelo_de_Banner_EXPOCANP_2019 (extensão)

Ocean Blue DownloadsModelo_de_Banner_EXPOCANP_2019 (pesquisa) 


Atenção!

Os trabalhos de bolsistas que forem apresentados na JIT 2019 no formato banner poderão utilizar os mesmos modelos para apresentação na Sematec/Expocanp 2019, evitando, assim, a necessidade de confecção de um novo material.


 

MEMEROTECA HISTÓRIA E DIREITOS HUMANOS

Thamires Martins de Souza (IFRJ, TI305) – e-mail: thamirao@gmail.com
Aline Teixeira Ferreira Furtado (IFRJ, MA304) – e-mail: line@gmail.com
Nidney Ferreira Marques (IFRJ, TA301) – e-mail: ney@gmail.com
Mariana Duarte Gomes (IFRJ, MA304) – email: marigomes@gmail.com

Orientador: João Carlos Escosteguy Filho; e-mail: joao.filho@ifrj.edu.br

Resumo:
A Educação em Direitos Humanos, entendida como uma “pedagogia do empoderamento” (CANDAU, 2009), pode fortalecer o papel da escola como espaço de construção de subjetividades, permitindo, por meio de uma “pedagogia da interrupção” (BIESTA, 2013), a discussão de temáticas constitutivas dos “sujeitos de direito” para além das práticas curriculares cotidianas. Tal dimensão da Educação em Direitos Humanos, longe de constituir um simples acréscimo ao cotidiano da escola, se torna, assim, elemento central para a construção de uma pedagogia verdadeiramente emancipatória. Nesse sentido, este projeto tem como objetivo a experimentação da construção de uma “memeroteca” sobre direitos humanos, inspirando-se nos resultados de pesquisa anterior feita nas redes sociais sobre argumentos em defesa e críticos à temática dos direitos humanos. Objetivamos, a partir dessa temática, exercitar a experimentação de um conjunto de temas relacionados aos Direitos Humanos, construindo um espaço temático, denominado “memeroteca”, com exposição de “memes” coletados de páginas do Facebook e desenvolvendo uma discussão a respeito dos mesmos que envolva a reflexão sobre Direitos Humanos a partir de uma abordagem histórico-crítica. Os temas escolhidos foram racismo, homofobia, machismo, desigualdade social e segurança pública. Por meio de atividades práticas e exposição contextualizada dos memes coletados, pretendemos construir um espaço de imersão dos participantes na discussão sobre Direitos Humanos a partir das considerações da chamada Educação Histórica, voltada para um Aprendizado Histórico significativo. Isto é, que relacione as categorias históricas desenvolvidas a transformações nas formas de consciência histórica (RUSEN, 2010). A coleta dos memes já mostrou que a temática dos Direitos Humanos precisa passar por uma reflexão histórico-crítica, uma vez que o tratamento negativo ao tema referido desconsidera muitas vezes elementos inseparáveis da práxis da Ciência Histórica, como a contextualização, a abordagem social das temáticas e a historicização. A partir daí, consideramos a prática da imersão de imenso potencial para discussão dessas questões.

Palavra-chaves: Direitos Humanos, Educação Histórica, Facebook.

Área do conhecimento: Ciências Humanas

Financiamento: Faperj